Prefeito Roberto Cláudio destaca prioridades da gestão durante entrevista

O prefeito Roberto Cláudio concedeu entrevista, na manhã desta quinta-feira (27/12), para a jornalista Jocasta Pimentel, da rádio FM Dom Bosco. Durante o programa, o gestor respondeu perguntas dos ouvintes e dos jornalistas da emissora e apresentou o resultado das ações municipais em 2018. De acordo com Roberto Cláudio, “neste ano, a gestão investiu 20% a mais de recursos do que no ano passado, prioritariamente nas áreas da Saúde, Educação e Infraestrutura”. As metas e prioridades para 2019 também foram destaque na entrevista.

 Foto: Marcos Moura

IJF
Roberto Cláudio destacou os investimentos na Saúde em Fortaleza. Com a inauguração da nova unidade do Instituto Doutor José Frota, no próximo dia 31, a população ganha 71 novos leitos no segundo andar, integrados e conectados às áreas de enfermaria do hospital. Somados com os 59 leitos já entregues no primeiro andar, o IJF passará a ser o maior hospital municipal de Fortaleza.

Com a inauguração, os dois equipamentos terão juntos, 664 leitos, sendo 153 enfermarias, 20 Unidades Intermediárias e 30 Unidades de Tratamento Intensivo. O complexo hospitalar conta também com salas cirúrgicas, farmácia, salas de recuperação pós-anestésica e central de exames especializados. Além disso, o hospital vai dispor de ressonância magnética e sala de hemodinâmica. Cerca de 240 profissionais aprovados nos últimos concursos devem ser convocados em abril para compor o quado clínico do hospital.

Programa Médico Família Fortaleza
Em parceria com o Governo do Ceará, foi lançado no mês de dezembro, os Programas Médico Família Fortaleza e Médico Família Ceará. A iniciativa visa ampliar a cobertura médica em todo o Ceará, após a saída de 52 profissionais do Programa Mais Médicos na Capital, em virtude das novas diretrizes do Governo Federal.

Durante a entrevista, o prefeito explicou como vai funcionar o programa que tem como prioridade atender a comunidade para resolver questões primárias no posto de saúde. Dentre as diretrizes de formação, estão a definição de linhas de cuidado assistencial com base nos indicadores epidemiológicos e a garantia do cuidado nos ciclos de vida (preconcepção, gestação e nascimento; saúde da criança; saúde da mulher; saúde do homem; saúde do idoso).

“Além da mesma bolsa do Programa Federal, será ofertado curso de capacitação em saúde da família e uma pontuação diferenciada nas provas de residências para os médicos que optarem por realizar esse tipo de atendimento”, explicou o Prefeito.

Feira da Parangaba
A obra de requalificação e urbanização da Lagoa da Parangaba segue dentro do prazo. Durante o programa, Roberto Cláudio informou que em janeiro, os permissionários farão a mudança para um local provisório durante a intervenção.

“Quero reiterar que nenhum feirante vai perder o seu local. Eles serão realocados para um corredor de quiosques padronizados, com banheiros e lanchonetes para uso próprio e dos moradores que frequentam a feira”, detalhou Roberto Cláudio.
Orçadas em aproximadamente R$ 4,3 milhões, as intervenções incluem a urbanização de um espaço de 60.757,30 m², que corresponde a toda área existente às margens da Lagoa, situada entre a Av. Américo Barreira, Rua Gomes Brasil, Rua Caio Prado, Rua Pedro Muniz e Av. Carneiro Mendonça.

O projeto prevê a construção de novas calçadas, ciclofaixa, brinquedopraças, pista de cooper e skate, paisagismo com o plantio de árvores e criação de jardins, além de serviços de pavimentação, instalação de nova iluminação e substituição de pisos. Além disso, será instalado um campo de futebol, quadras de vôlei de praia, assim como pracinhas e quiosques de alimentação (quatro), convivência (cinco) e banheiros (quatro). Está prevista, ainda, uma ciclofaixa contornando a Lagoa, além de duas quadras de vôlei de praia e uma mini Areninha com grama sintética.

Vila do Mar III
Também está prevista para esta semana, a entrega de 240 apartamentos do Residencial Vila do Mar III. Localizado na Avenida Francisco Sá, o empreendimento vai beneficiar 504 famílias oriundas do Projeto. Cada apartamento possui dois quartos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro e varanda, distribuídos em 49m².

Na primeira parte do projeto, correspondente a construção de 240 apartamentos, a Prefeitura investiu R$ 8 milhões de recursos próprios. O restante será finalizado por meio de financiamento da Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 5,7 milhões.

Prestação de contas
Esta é a segunda vez, nesta semana, que o Prefeito Roberto Cláudio concede entrevistas de rádio para apresentar as melhorias e avanços realizados pela gestão e as novas perspectivas para Fortaleza em 2019. Nesta quarta-feira (26/12), o gestor também falou à Tribuna Band News FM sobre os projetos da Prefeitura Municipal. Entre eles, foram abordados assuntos relacionados à infraestrutura, economia e transporte de passageiros.

Avenida Aguanambi
No próximo sábado, dia 29 de dezembro, o prefeito Roberto Cláudio e o Governador Camilo Santana, entregam a nova avenida Aguanambi. A via foi totalmente requalificada e urbanizada e conta com quatro faixas para fluxo de veículos, sendo uma exclusiva para o transporte público, além de novas calçadas, ciclovia, instalação de seis estações de ônibus junto ao canteiro central e a reforma de duas praças e da rotatória existente sob o novo viaduto.

Com a obra, Fortaleza ganha seu terceiro corredor expresso de ônibus. O sistema garante a redução do tempo de viagem dos coletivos, principalmente na Av. Aguanambi, por onde trafegam hoje 71 mil veículos por dia, além de 37 linhas de ônibus que beneficiam, diariamente, cerca de 198 mil passageiros.

Dando continuidade as ações de mobilidade urbana, já está em licitação, a obra de continuação da Aguanambi, até o quilômetro 12 da BR 116. A municipalização da rodovia vai permitir a implantação do corredor expresso de ônibus Messejana – Centro.

Recuperação da Malha Viária
As ações começam em junho, quando acaba o período das chuvas, e para 2019, serão investidos cerca de R$75 milhões em ações de recapeamento. Para problemas emergenciais, o telefone 156 está disponível para moradores registrarem seus pedidos para recuperação asfáltica. “Temos um deficit muito alto, mas este ano, conseguimos recuperar 50% a mais da malha viária, do que recuperamos em 2017, mas só poderemos iniciar as ações quando a chuva terminar. Até lá, estamos recebendo demandas pontuais pelo número 156”, destacou o gestor.

Aplicativos
De acordo com o prefeito, desde que a lei municipal Nº 10.751 entrou em vigor, em junho deste ano, as duas maiores empresas de aplicativos e outras de menor porte, iniciaram o cadastro dos seus serviços e motoristas, junto à Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP). Além do credenciamento anual, as empresas terão que pagar ao poder público, 1% do valor total mensal das corridas. Pelo texto da lei, as empresas também tem a obrigação de compartilhar com a Prefeitura, informações como local de origem e destino da viagem, tempo de duração e distância do trajeto, mapa do trajeto, identificação do modelo do veículo e do número das placas de identificação e valor da viagem.

Em paralelo, no mesmo período da criação da lei, a prefeitura ampliou o número de vagas de táxis. Três mil novas vagas foram criadas e contemplaram os rendeiros, taxistas que trabalham com veículos alugados em Fortaleza. A iniciativa aumenta a oferta de veículos em bairros mais afastados. A ação fez parte do Pacote de intervenções de Fortalecimento do Transporte Individual de Passageiros.

*Texto: Site da Prefeitura de Fortaleza